Notícias

“A não-violência leva-nos aos mais altos conceitos de ética, o objectivo de toda evolução. Até pararmos de prejudicar todos os outros seres do planeta, nós continuaremos selvagens.”

Thomas Edison

“Não há diferenças fundamentais entre o ser humano e os animais nas suas faculdades mentais…os animais, como os humanos, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento.”

Charles Darwin

“Aquele que aceita o mal sem protestar, está, na verdade, a cooperar com ele.”

Martin Luther King Jr.

 

 Área de cultivo de produtos biológicos aumentou 9,4 por cento em 2008


A área de cultivo de produtos biológicos em Portugal cresceu 9,4 por cento em 2008 e os portugueses consumem cada vez mais produtos sem químicos, valorizando, apesar da crise económica, a qualidade dos alimentos.
Os dados são do Serviço Internacional para a Aquisição de Biotecnologia Agrícola e, já em 2007, Portugal estava entre os dez maiores produtores mundiais de alguns alimentos biológicos devido ao aumento de terra orgânica cultivável.

Consumidores questionados nos mercados biológicos de Oeiras e do Príncipe Real, em Lisboa, admitem que os produtos cultivados sem recurso a pesticidas são “mais caros” do que os alimentos produzidos “convencionalmente” e que, mesmo em tempo de crise, a diferença de preços é compensada pela qualidade acrescida dos alimentos.

Regina Frank, artista alemã a viver em Portugal há três anos, refere que em Portugal a opção pelos produtos biológicos pode significar uma despesa de mais 20 por cento, mas garante que “mesmo assim compensa, porque os produtos têm um sabor melhor, há mais qualidade de vida e um consumo mais consciente”. Ana Paula Moreira, produtora e vendedora de pão biológico no mercado do Príncipe Real, considera que “as pessoas, quando consomem um produto de qualidade, não se importam de cortar na quantidade”.

Cada vez mais baratos

Consumidor destes produtos há mais de cinco anos, João Feliz considera que “há a tendência para que os produtos biológicos sejam cada vez mais baratos”, remetendo para os governos a responsabilidade de apoiar a agricultura biológica “pelas várias vantagens que tem”. Para João Feliz, a crise pode estimular a produção de alimentos biológicos, uma vez que a estrutura económica terá de ser “reformulada”, sendo “a agricultura biológica, com certeza, um dos componentes de uma sociedade sustentada”.

O agricultor da região do Oeste João Oliveira, por seu lado, ainda não notou que a crise tenha chegado aos seus clientes, admitindo que a maioria dos consumidores tem um poder de compra elevado. “Há dois tipos de clientes: o que se abastece para toda a semana, porque sente que lhe faz bem e porque tem poder económico para o fazer; e aquele que, não tendo essa possibilidade, faz uma selecção e escolhe apenas certo tipo de produtos”, explicou.

Entre 2001 e 2007, o cultivo dos chamados produtos biológicos vegetais em Portugal aumentou cerca de 70 por cento, de acordo com os últimos dados divulgados pelo Gabinete de Planeamento e Política do Ministério da Agricultura, uma tendência que a Europa acompanhou.

Fonte: Lusa

Plataforma de Objecção ao Biotério

A Plataforma de Objecção ao Biotério é um movimento cívico criado por um grupo de pessoas, na sua maioria ligadas às ciências da vida (Biólogos, Veterinários, Psicólogos) que se juntaram com o objectivo de combater o projecto de construção do Biotério da Fundação Champalimaud.
Como é do conhecimento público, a Fundação Champalimaud pretende construir um biotério com 25 mil gaiolas para produzir animais para experimentação animal, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e a Universidade de Lisboa e em terrenos cedidos pelo município da Azambuja.
Enquanto cidadãos responsáveis e informados, somos contra a experimentação animal por motivos éticos e científicos e legais.
Assim e por este biotério ser o maior de Portugal, dos maiores da Europa, ter fins comerciais, envolver dinheiros públicos e ter por objectivo exportar animais para vários cantos do mundo, inclusive países onde não existe qualquer legislação de protecção aos animais, decidimos opor-nos com todas as nossas forças à construção deste revoltante projecto.

Para saber mais sobre a Plataforma, visita o site: www.pob.pt.vu

Fonte: Infonature

 

… ∞ …

 

 

Para quem nunca conseguiu acordar de madrugada para ir á Vandoma e até tem um saco de coisas em segunda mão que não sabe bem o que fazer com elas, temos boas noticias!
A partir de maio já poderão livrar-se das roupas antigas da mãe e dos vinis do pai, no primeiro sábado de cada mês, das 4 da tarde ás 8 da noite, os Maus Hábitos vão estar á vossa espera para a melhor venda / compra e troca em segunda mão da Invicta.
Basta que nos enviem um mail para: fleamarket.spot@gmail.com, para reservar uma mesa e contamos com voçês. Aproveitem porque desta primeira vez é gratis!!!!!
E porque estamos em tempos de crise o melhor é mesmo baixar os preços, por isso tragam tudo aquilo que encontrarem em casa que já não faz sentido e ponham-no á venda por um preço amigável.
Contamos com voçês para para inundar os Maus Hábitos com tudo aquilo que já foi outrora e que aínda poderá voltar a ser.
E lembrem-se sempre que: One man’s garbage is another man’s gold 

O que é «lixo» para uns uns,

é ouro para outros!

 

flea_mkt_721

Anúncios

Responses

  1. hi, i came across you via the ecoliving portugal site. I wish i had dwellings here (i have a 3/4 finished house. 2 caravans and a yurt! I have a small quinta near to Pedrogao Grande, Serta. I have been here 2 years and circumstances mean that i am here mostly on my own. This is a project which is running out of money and energy, I am looking for co conspiritors to help me carry on. If you would like to know more or get a flavour of here friend me on facebook, (lyndadolan@hotmail.com) where i have many abums. be selective. : ) I am also on couchsurfing freebird28. . . . all good things Lynda


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: